Campanha de Multivacinação neste sábado, 24 de setembro de 2016

Campanha de Multivacinação neste sábado, 24 de setembro de 2016

A incidência das doenças imunopreveníveis mostra que mudanças importantes ocorreram no...

Campanha de Multivacinação neste sábado, 24 de setembro de 2016 (2)

Campanha de Multivacinação neste sábado, 24 de setembro de 2016 (2)

A incidência das doenças imunopreveníveis mostra que mudanças importantes ocorreram no...

V SEQUFES ANUNCIA RECEBIMENTO DE ARTIGOS ATÉ DIA 23/09.

V SEQUFES ANUNCIA RECEBIMENTO DE ARTIGOS ATÉ DIA 23/09.

V SEQUFES ANUNCIA RECEBIMENTO DE ARTIGOS ATÉ DIA 23/09.   A Semana da Engenharia...

Resultado Eleição COMUS

Resultado Eleição COMUS

  RELAÇÃO DE ENTIDADES ELEITAS NO COMUS BIÊNIO 2016/2018   Clique...

Comunicado Importante - Decreto nº 10.026/2016

Comunicado Importante - Decreto nº 10.026/2016

  DECRETO Nº 10.026/2016 Cancela processo seletivo no âmbito da Secretaria...

Relação de inscritos - COMUS

Relação de inscritos - COMUS

  A Comissão Eleitoral para recomposição do COMUS – Conselho Municipal de Saúde de...

Convocação - Wanessa de Oliveira Ruve

Convocação - Wanessa de Oliveira Ruve

A Prefeitura Municipal de Alegre através da Secretaria Municipal de Assistência Social e...

  • Campanha de Multivacinação neste sábado, 24 de setembro de 2016
  • Campanha de Multivacinação neste sábado, 24 de setembro de 2016 (2)
  • Convite: IV Seminário do Curso de Especialização em Educação em Direitos Humanos
  • V SEQUFES ANUNCIA RECEBIMENTO DE ARTIGOS ATÉ DIA 23/09.
  • Resultado Eleição COMUS
  • Comunicado Importante - Decreto nº 10.026/2016
  • Relação de inscritos - COMUS
  • Convocação - Wanessa de Oliveira Ruve

Campanha de Multivacinação neste sábado, 24 de setembro de 2016

Escrito por Comunicação ligado .

A incidência das doenças imunopreveníveis mostra que mudanças importantes ocorreram no comportamento dessas doenças com uso de vacinas e avanço nas coberturas vacinais. Entretanto, a heterogeneidade dos resultados dessas coberturas vacinais e em especial o recrudescimento de algumas dessas doenças, a exemplo da coqueluche e do surto de sarampo ocorridos nos anos de 2014 e 2015, requerem estratégias adicionais para o resgate e vacinação dos não vacinados.            

Desta forma, o Ministério da Saúde, por meio da Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI) do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis (DEVIT), da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) integrada e articulada às Secretarias Estaduais e Municipais da Saúde, realizará no período de 19 a 30 de setembro, aCampanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação, sendo 24 de setembro, o dia de divulgação e mobilização nacional.

A multivacinação é uma estratégia que a CGPNI vem adotando com a finalidade de atualizar a situação vacinal da população menor de cinco anos de idade, incorporando em 2016, as crianças de nove anos e adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). A estratégia é realizada em um curto intervalo de tempo (duas semanas), oportunidade na qual são oferecidas à população alvo as vacinas da rotina, a fim de melhorar a cobertura vacinal e otimizar a logística dos serviços de saúde. Nessas campanhas procuram-seadministrar vacinas de forma seletiva e possibilitar a atualização da Caderneta de Vacinação.          

Neste ano, além das crianças menores de cinco anos, também serão alvo desta estratégia as crianças de nove anos e adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). Esse grupo tem uma maior resistência a se vacinar e muitos pais acreditam que não há necessidade de imunizar os seus filhos nesta faixa etária. No entanto, com a evolução do Calendário Nacional de Vacinação nos últimos anos, muitas vacinas necessitam ter doses de reforço nesta faixa etária ou passaram a ser incluídas no Calendário, como é o caso da vacina HPV para as meninas.

População alvo desta campanha será

  • Crianças menores de cinco anos de idade (0 a 4 anos 11meses e 29 dias);
  • Crianças de nove anos; e
  • Adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias).

A caderneta é um documento pessoal e deve acompanhar a criança e o adolescente a todo o momento! Pais e responsáveis devem ser incentivados a trazerem a caderneta de vacinação da criança ou adolescente para uma avaliação criteriosa da situação vacinal.

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR O CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO

Enf . Maria do Carmo Costa Machado

Coordenadora de Imunização do Município de Alegre

 

 

Campanha de Multivacinação neste sábado, 24 de setembro de 2016 (2)

Escrito por Comunicação ligado .

A incidência das doenças imunopreveníveis mostra que mudanças importantes ocorreram no comportamento dessas doenças com uso de vacinas e avanço nas coberturas vacinais. Entretanto, a heterogeneidade dos resultados dessas coberturas vacinais e em especial o recrudescimento de algumas dessas doenças, a exemplo da coqueluche e do surto de sarampo ocorridos nos anos de 2014 e 2015, requerem estratégias adicionais para o resgate e vacinação dos não vacinados.            

Desta forma, o Ministério da Saúde, por meio da Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI) do Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis (DEVIT), da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) integrada e articulada às Secretarias Estaduais e Municipais da Saúde, realizará no período de 19 a 30 de setembro, aCampanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação, sendo 24 de setembro, o dia de divulgação e mobilização nacional.

A multivacinação é uma estratégia que a CGPNI vem adotando com a finalidade de atualizar a situação vacinal da população menor de cinco anos de idade, incorporando em 2016, as crianças de nove anos e adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). A estratégia é realizada em um curto intervalo de tempo (duas semanas), oportunidade na qual são oferecidas à população alvo as vacinas da rotina, a fim de melhorar a cobertura vacinal e otimizar a logística dos serviços de saúde. Nessas campanhas procuram-seadministrar vacinas de forma seletiva e possibilitar a atualização da Caderneta de Vacinação.          

Neste ano, além das crianças menores de cinco anos, também serão alvo desta estratégia as crianças de nove anos e adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). Esse grupo tem uma maior resistência a se vacinar e muitos pais acreditam que não há necessidade de imunizar os seus filhos nesta faixa etária. No entanto, com a evolução do Calendário Nacional de Vacinação nos últimos anos, muitas vacinas necessitam ter doses de reforço nesta faixa etária ou passaram a ser incluídas no Calendário, como é o caso da vacina HPV para as meninas.

População alvo desta campanha será

  • Crianças menores de cinco anos de idade (0 a 4 anos 11meses e 29 dias);
  • Crianças de nove anos; e
  • Adolescentes de 10 a menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias).

A caderneta é um documento pessoal e deve acompanhar a criança e o adolescente a todo o momento! Pais e responsáveis devem ser incentivados a trazerem a caderneta de vacinação da criança ou adolescente para uma avaliação criteriosa da situação vacinal.

CLIQUE AQUI PARA VISUALIZAR O CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO

Enf . Maria do Carmo Costa Machado

Coordenadora de Imunização do Município de Alegre

 

 

Campanha de Multivacinação ...

Saúde e Saneamento

Campanha de Multivacinação ...

Saúde e Saneamento

Relação de inscritos - COMUS

Saúde e Saneamento

Convocação - Wanessa de ...

Secretaria de Assistência Social

Calendário Eleitoral COMUS - ...

Saúde e Saneamento

Campanha de Vacinação ...

Saúde e Saneamento

RESCISÃO PARCIAL CONTRATO N° ...

Extrato de Rescisão Contratual

EXTRATO DO 4º TERMO ADITIVO ...

Extratos de Pregão Presencial

Extrato da Ata de Registro de ...

Extratos de Atas de Registros

CONTRATO N° 061/2016

Extrato de Rescisão Contratual

CONTRATO N° 087/2016

Extratos de Dispensa de Licitações

CONTRATO N° 086/2016

Extratos de Dispensa de Licitações